Adotei um software de gestão, e agora?

Trazer novas formas de gerenciamento atrelado a tecnologias e ferramentas para o seu empreendimento agrícola pode aumentar a produtividade tanto das operações, quanto de máquinas e colaboradores, além de ajudá-lo a tomar decisões melhores e mais rápidas. Sabemos que atualmente, alcançar a transformação digital é fundamental, principalmente no caso de adoção de novas formas de gerir o seu agronegócio para obter bons resultados financeiros.

O retorno sobre o investimento das novas tecnologias só será pleno, no entanto, se o próprio agronegócio e colaboradores estiverem abertos a mudanças e ao emprego de novos conhecimentos e formas de trabalho. A conscientização e adoção da mudança tecnológica e organizacional em sua propriedade podem ser trabalhosas, principalmente devido à “falta de urgência” e a uma comunicação fraca sobre os benefícios estratégicos de novas práticas gerenciais e ferramentas.

Gerentes e operadores estão acostumados com determinada rotina de trabalho, e a instituição da cultura da gestão empresarial vai muito além da simples introdução de um software de gestão do agronegócio e requer, primeiramente, conscientização da necessidade e importância do seu uso contínuo por todos os envolvidos na produção, principalmente os gerentes.

Conscientizar os colaboradores sobre a importância e facilidade de utilização do software, e que o sucesso da gestão depende, principalmente, do sucesso individual de cada recurso adotado na propriedade, sobretudo o recurso humano, é o próximo passo após ter escolhido o melhor software de gestão para seu agronegócio.

O desafio é como transmitir a importância e a usabilidade do software no dia a dia do campo. Mostrar que o fato de um colaborador realizar anotações no campo ou inseri-las no software pode gerar grandes benefícios financeiros no curto e longo prazo. Um exemplo é a gestão estratégica de compra de insumos que pode reduzir gastos adicionais com estes recursos.

As questões fundamentais:
– Seus colaboradores sabem e entendem o porquê sua empresa existe?
– Eles sabem qual a finalidade da propriedade agrícola e seus objetivos?
– Entendem a importância de seus papeis no processo de produção agropecuária?
– Sabem qual o ganho adicional que podem ter fruto da gestão profissionalizada e maior controle sobre o processo produtivo?

Grande parte das organizações tem um significado mais profundo em relação à razão de sua existência, isso tende a influenciar a estratégia, tomada de decisões e comportamentos. Porém, muitas vezes não estão bem articulados com seus colaboradores, e isso reflete no momento de utilizar um novo software de gestão.

As mensagens específicas, fruto do posicionamento estratégico adotado, tornam-se ferramentas para ajudar os funcionários a conectarem seus esforços do dia a dia com a aspiração da empresa. O resultado é a mais fácil adaptação a cenários de mudanças e esforços extras para estarem inseridos em novas oportunidades e ferramentas utilizadas dentro da empresa agrícola.

Após ter escolhido o software de gestão para o agronegócio, é importante que ele seja disseminado dentro da propriedade, para melhor aproveitamento dos recursos disponibilizados e das análises geradas através da ferramenta. Afinal, o software é apenas um componente, ou uma ferramenta, de toda a gestão profissionalizada a ser perseguida.

Vamos tratar de algumas dicas importantes na hora de conscientizar e incentivar a adoção da nova tecnologia de gestão, para que o objetivo do seu agronegócio esteja totalmente alinhado com a cultura de seus gerentes e funcionários:

  1. Mostre os benefícios econômicos e racionais da adoção de um software para a empresa agrícola;
  2. Invista em alguns dias de treinamento para todos os colaboradores, mostre a eles a usabilidade do software e como sua utilização pode ser simples e eficiente;
  3. Manuais e vídeos são ótimos guias e direcionadores para começar a mostrar para seus colaboradores, a funcionalidade e importância do software;
  4. Passe a institucionalizar a nova rotina, mostrando a importância de se manter os dados atualizados no software para tomada de decisões, não se esqueça de trabalhar com exemplos;
  5. Um incentivo extra pode estar associado a bonificações para colaboradores que trabalham dentro da plataforma ou trazem feedback de melhorias e usabilidade do novo software;

Uma ideia é também entrar em contato com a empresa do software para avaliar alguns modelos de negócios que envolvam capacitação e pequenas imersões voltadas para a usabilidade e aplicabilidade do software, onde seus colaboradores recebam treinamentos específicos e possam tirar todas as dúvidas, de forma que gradualmente, se instale uma cultura de gestão profissional dentro da propriedade.

Os seus funcionários e o software de gestão passam a ser não apenas peças isoladas do sistema produtivo, mas sim, um elo de inteligência humana e tecnológica com um único objetivo: Tornar-se recursos mais eficientes de forma a maximizar o lucro da propriedade, crescendo junto com ela.

A observação importante é que o software, por si só, não garante a gestão profissionalizada se não instituídas todas as demais ações que levarão todo o agronegócio a caminhar para o mesmo lado, o lado dos lucros.

A Perfarm possui um software de gestão gratuito, em que a plataforma contempla mais de 10 tutoriais de utilização e análises, além de diversos materiais para suporte em gestão do agronegócio.

Não deixe de conferir: https://app.perfarm.com/tutorials

 

Receba Nossa Newsletter
Junte-se a mais de 10.000 visitantes que recebem nossa newsletter e se beneficiam com artigos sobre gestão no agronegócio.
Somos contra spam. Seu endereço de email está seguro e não será compartilhado.

Use o Facebook para Comentar nesse Post

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *